Notícias

Ciclo de Palestras abordou inserção da jovem advocacia no mercado de trabalho

Data:

Com objetivo de aproximar a jovem advocacia do mercado de trabalho, a Comissão temática da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), promoveu na noite desta quarta-feira (21) Ciclo de Palestras ‘Direito em Foco’, abordando temas de interesse para que aqueles que estão iniciando na carreira.

A abertura do Ciclo de Palestras foi feita pela Presidente da CJA Janine Delgado e pelo Vice-Presidente da OAB/MS Gervásio Alves de Oliveira Junior.

Janine agradeceu a presença de todos e explicou que o objetivo da Comissão é apresentar ao Estado mais eventos dessa natureza, como já ocorrem nos grandes centros. ”Esse é o primeiro evento deste tipo em Mato Grosso do Sul, voltado para os jovens advogados. Nós pretendemos aperfeiçoar ainda mais. Nossa preocupação da Comissão está em inserir vocês, novos advogados em início de carreira no mercado de trabalho”, enfatizou.

A Presidente da CJA agradeceu o Empenho dos membros da comissão. “Sem vocês, esse evento não teria acontecido. Se plantamos hoje uma semente foi graças ao empenho e dedicação de vocês”.

O Vice-Presidente da OAB/MS destacou a necessidade de eventos para a jovem advocacia se aproximar do mercado de trabalho. “Reuniões como essas são um alicerce para a materialização de seus sonhos. O sol nasceu para todos, já dizia o poeta. A advocacia é uma profissão difícil, mas todas são. Por isso, vocês precisam ter dedicação, energia, esforço, conhecimento e amor no que faz para ter sucesso. A sociedade precisa ser beneficiada como um todo. A advocacia é uma profissão que garante a luta pela cidadania, quando nós conseguimos isso, estamos melhorando o país, não apenas nós mesmos”.

Gervásio citou que a partir do evento, a OAB/MS irá fazer parceria com alguns escritórios: “Escritórios padrinhos para adotar jovens advogados para orientação sobre a advocacia, uma forma de inserção da jovem advocacia, futuro da advocacia, futuro do país”.

O primeiro Painel da noite foi coordenado pela Vice-Presidente da CJA, Larissa Marques Brandão e pelo membro Tayllon Henrique Silva Alves. Os palestrantes foram o Desembargador Vilson Bertelli (Tema: Tutela Antecipada) e o Diretor-Tesoureiro da ESA/MS, João Paulo Sales Delmondes (Tema: Produção antecipada de Prova).

Bertelli, um dos nomes mais conhecidos na área cível em Mato Grosso do Sul, proferiu palestra sobre Tutela Antecipada. Segundo ele, esse tipo de procedimento, que tem sido bastante discutido no meio processual, existe para que o autor não seja prejudicado pelo longo e demorado processo civil.

O Desembargador comentou que “a parte, quando quer a antecipação dos efeitos, tem que dizer na sua petição inicial que ela quer a estabilização”. Ainda segundo Bertelli, o novo Código diz que, quando concedida a tutela antecipada, o autor tem 15 dias para que adite a petição inicial com complementação da sua argumentação e pedidos (§1º, I, do art. 303 do atual CPC).

Sobre a possibilidade de antecipação dos efeitos da tutela, Berteli ainda explicou sobre o caráter provisório da tutela antecipada, os pressupostos de sua admissibilidade, a recorribilidade, entre outros pontos.

A segunda mesa de palestras da noite foi coordenada pelo Advogado da CJA Douglas Figueiredo. Os palestrantes foram a Advogada e Professora Andrea Flores que falou sobre “Violência Doméstica”; a Professora Nabiha de Oliveira Maksoud abordou “Crimes Sexuais” e o Professor Raphael Chaia Jacob que proferiu palestra sobre “Crimes cibernáticos”.