Notícias

Colégio de Presidentes cria Comissão para analisar melhor sistema eletrônico de processos do Judiciário

Data:

São várias as plataformas processuais usadas pelo Poder Judiciário, e-SAJ, PJE, Projudi e e-Proc. Para analisar a melhor e mais funcional a advocacia, o Colégio de Presidentes da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), reunidos nesta sexta-feira (07), decidiu, por unanimidade, criar uma Comissão sobre o assunto.

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) informou que há grande possibilidade de mudança do sistema de gerenciamento de processos eletrônicos atual, o e-SAJ. O Tribunal esclareceu a possibilidade de utilização do e-Proc ou PJ-e.

O Colégio de Presidentes acredita que esse excesso de plataformas de processo eletrônico atrapalha advogados e que a advocacia precisa ser ouvida e o debate deve ser amplo, com todos aqueles que são partes para administrar a justiça (Art. 133 CF/88) antes de qualquer troca.

De acordo com o Presidente da 16ª Subseção Costa Rica Adriano Martins da Silva, “o objetivo da Comissão é fazer um estudo de qual sistema é mais efetivo, funcional e prático para os advogados e advogadas do Estado, os que mais utilizarão o sistema. Mostrar como cada um funciona, se possível um tutorial com as funcionalidades, e após isso, fazer uma enquete da preferência dos advogados”.

“Esse debate é extremamente importante para a nossa advocacia. Nós usamos esses sistemas todos os dias. Essa é uma preocupação da advocacia da Capital e do Interior. Por isso, a criação da Comissão, para na analisar esses sistemas eletrônicos de processos, fazer um relatório sobre o uso e, assim, decidirmos o melhor e levar nossa opinião ao Poder Judiciário, sobre a mudança ou não”, disse o Presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche.

A Comissão será formada pelos Presidentes Adriano Martins da Silva (Costa Rica); Gustavo Gottardi (Três Lagoas; Celso Roberto Gori Filho (Rio Brilhante); Ilson Roberto Morão Cherubim (Nova Andradina); Sidnei Escodeiro Pereira (Jardim); Jorge de Souza Mareco (Bela Vista); Bianca Della Pace Braga Medeiros (Bonito); Carlos Rogério da Silva (Mundo Novo); Cesar Augusto de Souza Avila (Camapuã); e Alyne Alves de Queiroz (Aparecida do Taboado).