Notícias

Colégio de Presidentes se reúne com presidente do TJMS

Data:

O Colégio de Presidentes da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), se reuniu com o Presidente do Tribunal de Justiça, Paschoal Carmello Leandro, na tarde desta quinta-feira (6) para apresentar reivindicações, dentre outros assuntos de interesse da advocacia sul-mato-grossense.

Participaram presidentes e representantes das Subseções: Caarapó, Coxim, Ribas do Rio Pardo, Ponta Porã, Dourados, Chapadão do Sul, Bataguassu, Corumbá, Aquidauana, Bela Vista, Ivinhema, Jardim e Três Lagoas.

A reunião havia sido agendada pelo Presidente da Seccional, Mansour Elias Karmouche, em busca de anseios para a classe de advogados e advogadas. “Decidimos trazer os presidentes das nossas subseções porque são eles que acompanham de perto as necessidades da advocacia do interior do Estado. A nossa demanda principal é com a Justiça Estadual. Portanto, o aprimoramento dessa relação entre as instituições é importante para, juntos, encontrarmos soluções para os nossos desígnios”, destacou.

Dentre as reivindicações apresentadas estiveram: os enunciados do Fonaje, em relação ao juizado especial; a falta de servidores e juízes em comarcas do interior; instalação de varas em comarcas onde há alto número de processos e a instabilidade do e-SAJ, a qual foi demonstrada grande preocupação por parte do Tribunal de Justiça, que busca a substituição do sistema de gestão para oferecer melhor comodidade.

O Presidente da Subseção Dourados, Alexandre Mantovani, avalia o encontro com o Poder Judiciário marco para a advocacia sul-mato-grossense. “Essa foi uma oportunidade única em que o Colégio de Presidentes representou a nossa advocacia, apresentando os pleitos, agruras e necessidades, diretamente ao Poder Judiciário”, destacou.

Já o Presidente da Subseção Aquidauana, Vinícius Mendonça de Britto, disse que “a reunião além de estreitar os laços de amizades, conquistas e buscas em prol da advocacia, ao mesmo tempo ofereceu melhorias para o próprio Poder Judiciário, que faz a prestação jurisdicional para os cidadãos”, citou.

“Esse estreitamento de laços demonstra que as instituições devem caminhar conjuntamente para resolver os anseios da sociedade, jurisdicionado e da advocacia sul-mato-grossense”, frisou o Presidente da Subseção Chapadão do Sul, Adalberto Morisita.

Na avaliação do Presidente da Subseção Ivinhema, Stevão Martins Lopes, “a reunião foi bastante exitosa no que tange a aproximação da advocacia ao Tribunal de Justiça e acredita que a classe obterá êxito às reivindicações”.

Para Sidnei Escudero Pereira, Presidente da Subseção Jardim, o encontro foi bastante produtivo. “Tenho certeza de que teremos ótimos resultados. Foi uma oportunidade de ouvirmos também as dificuldades do Tribunal de Justiça, que nos colocou preocupação com a falta de recurso financeiro para atender a determinados anseios nossos. Ficamos satisfeitos também porque foi demonstrada intenção em nossas demandas e sinalizada a implantação de um novo sistema de Central de Processamento Eletrônico (CPE)”.

Os pleitos apresentados serão instrumentalizados no Colégio de Presidentes que acontece nesta sexta-feira (7) e serão, através da formalização da carta, encaminhados para as providências junto ao Tribunal de Justiça.

“Me coloco à disposição e estamos com as portas abertas. A primeira coisa que pensei quando assumi foi criar um núcleo de relação institucional para aprimorarmos as nossas relações. Não apenas no Estado com os poderes constituídos, mas também com as instâncias superiores, advocacia e principalmente jurisdicionados”, finalizou o Presidente do TJMS. A reunião teve também a presença do juiz auxiliar da Presidência da Casa, Fernando Cury.