Notícias

Jovens Talentos: Concurso Estadual de Oratória teve cerca de 20 concorrentes

Data:

O domínio da oratória é uma competência importante para quem decidiu seguir  carreira na advocacia. O advogado que sabe argumentar e de forma eloquente tem boas chances de vitória na hora de defender seu cliente. Para incentivar os alunos nessa técnica de comunicação, indispensável à profissão, a Comissão de Acadêmicos e Estagiários de Direito (CAED) da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), promoveu Concurso Estadual de Oratória na noite desta quinta-feira (10).

A mesa de jurados foi presidida por Mansour Elias Karmouche, Presidente da OAB/MS; pelo Diretor-Tesoureiro Marco Rocha; Conselheiro Federal Vinícius Monteiro Paiva, Vice-Presidente da Comissão Nacional da Advocacia Jovem; Presidente da Comissão de Advogados Criminalistas, Tiago Bunning; Presidente da Comissão da Jovem Advocacia da OAB/MS, Janine Delgado; Vice-Presidente da Escola Judicial do Estado de Mato Grosso do Sul (Ejud–MS), Desembargador Alexandre Bastos; Defensor Público Titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Gustavo Pinheiro; Promotor de Justiça e Assessor Especial do Procurador de Justiça, Paulo Cesar Zeni; e as notas organizadas pelo Presidente da CAED, Arthur Vasques.

Foram cerca de 20 concorrentes no Concurso. Cada um teve de quatro a seis minutos para explanação. A análise do discurso foi feita conforme requesitos estabelecidos em edital, previamente divulgado e de conhecimento dos participantes. Entre os requisitos: Voz, entonação, dicção, pausa, ênfases, gramática, conteúdo, naturalidade, entusiasmo e postura. A ordem da oitiva foi sorteada pela Comissão da OAB/MS.

“Tivemos ótimos discursos, invocando a nossa Constituição Federal, nossa legislação pátria. Não foi fácil eleger os melhores. Um Concurso à altura deste evento organizado pela Comissão presidida pelo nosso colega Arthur Vasques. É muito importante para nós, enquanto instituição, sediar este Concurso. As nossas leis servem de regra, conduta, mas se não tiver o lado humanista, sempre conduzindo nossos atos, talvez seja impossível chegar a uma conclusão de como aplicar as leias a todos. Vocês foram exemplo disso”, disse o Presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche.

Mansour deixou uma mensagem de otimismo aos acadêmicos: “Continuem lutando por aquilo que lhes movem, por esse sonho de fazer o melhor e por uma sociedade mais justa e fraterna. Todos aqui foram brilhantes em suas apresentações. Independente de quem venceu todos vocês são vencedores”.

Os vencedores foram: Carlos Henrique dos S. Justino da Uniderp (1° lugar), Julia Maria Pitthan Jaime da Anhanguera Campo Grande (2° lugar) e Igor Paulatti Pizarro Vieira da UFGD (3° lugar).  Os vencedores garantiram um Vade Mecum 2019 e premiação em dinheiro, prêmios oferecidos pela Caixa de Assistência (CAAMS).

Ao fim, o Presidente da CAED, Arthur Vasques agradeceu a participação da mesa e dos concorrentes. “Agradeço imensamente a mesa de jurados que aceitou prontamente nosso convite. Nossa Comissão sempre preza pela união e integração dos Centros Acadêmicos, dos estudantes e das instituições. Esse concurso, organizado pelos e para os acadêmicos, foi de alto nível, contando com a participação de Faculdades de Campo Grande e do interior, e servindo, principalmente, para formalizar as parcerias, e aprimorar a formação acadêmica dos nossos estagiários”.

Concorrentes:

Uniderp
Carlos Henrique dos S. Justino
Dalila Cabral S. Motta

UCDB
Kamila Zaher
Rodrigo Rodrigues

FCG
Luciana Torres da Silva
Leonardo Garcia

FACSUL
Giovanni Prado Azevedo
Matheus Monte Morandi

UFMS (Três Lagoas)
Lucas Junior Silva

UFMS (Campo Grande)
Gabriel Mathias Santos Ayala
Hudson Marcos Alves Dias

Universidade Estácio de Sá
Rui Spínola Barbosa

Unigran Campo Grande
João Lucas Figueiredo de Carvalho
Helton de Lima Pereira Júnior

Anhanguera Campo Grande
Julia Maria Pitthan Jaime
Luiz Oliveira da Silva

INSTED
Rafael Domingos Fernandes
Pedro Rogério Zanetti

UFGD
Igor Paulatti Pizarro Vieira
Andrei Domingos Fonseca