| | |
OABMS

Notícias

Palestra esclarece dúvidas sobre Honorários Advocatícios no novo CPC
Data: 09/08/2018

Advogados e Advogadas se reuniram no Plenário da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS) na noite de quarta-feira (8) para prestigiar a palestra proferida pelo Conselheiro Federal Luis Claudio Alves Pereira (Bito) sobre Honorários Advocatícios.


O Conselheiro conta que o evento foi uma oportunidade de esclarecer dúvidas e debater o assunto.
“A palestra foi ótima e contou com a presença não só dos membros da Comissão do Novo CPC, mas de vários advogados que se interessaram pelo tema. Tratamos dos mais variados temas sobre honorários advocatícios como critérios de fixação, honorários de sucumbências e contratuais, as posições jurisprudenciais dos tribunais na aplicação das regras do Novo CPC. Foi uma excelente experiência para aprimoramento e debate do tema”, disse.

O Vice-Presidente da Comissão de Estudos do Novo Código de Processo Civil, Eduardo Rezende Campos explica que outras palestras como esta, ministrada pelo Conselheiro Bito, serão realizadas e toda a classe poderá participar.

“A palestra teve o objetivo de ampliar o debate sobre os temas mais controversos do Código de Processo Civil. A nossa Comissão de Estudos do Novo Código de Processo Civil entrou em uma nova fase em que estamos convidando pessoas de destaque que tenham produção científica sobre temas que interessem a comunidade jurídica local e que possam contribuir incisivamente tanto com o advogado mais novo, quanto com outras pessoas de vasta experiência. O que interessa não é só uma discussão teórica, mas sim pragmática de como lidar com os problemas que o advogado enfrenta no cotidiano forense”.

O Presidente da Ordem Mansour Elias Karmouche parabenizou o trabalho da Comissão.

“A Comissão tem feito um trabalho de grande repercussão. Há muito tempo nós não tínhamos um relacionamento tão próximos de juízes a ponto deles aceitarem nossas opiniões, mas nós temos feito essa aproximação e parabenizo essa Comissão por isso. Tenho acompanhado de perto essa aproximação e os frutos”.

 

OUTRAS NOTÍCIAS
MÍDIAS SOCIAIS