| | |
OABMS

Notícias

Presidente da OAB/MS e Comissões recebem Comandante da Ala 5 da FAB
Data: 17/12/2018

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), recebeu nesta segunda-feira (17) para uma visita de cortesia a Força Aérea Brasileira (FAB), representada pelo Comandante da Ala 5, Brigadeiro do Ar Augusto Cesar Abreu dos Santos.

A Ala 5 da FAB de Campo Grande foi recebida pelo Presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche; o Secretário-Geral da Comissão de Segurança Pública Marco Antônio Barbosa e membro da Comissão de Direito Militar, assim como os Advogados Aluizio Frazão e Paulo Alberto Doreto (Presidente que será empossado em janeiro na Comissão de Direito Militar).

“As relações com a OAB sempre foram muito boas, mas a gente pretende estreitar esse relacionamento institucional para melhor trato das relações em comum. Nós nos colocamos à disposição para o objetivo da Comissão, de aprofundar nos estudos relativos à segurança publica e Direito Militar e até, se for o caso, intermediar a vinda de representantes da Força Aérea de Brasília para que a gente possa contribuir com esse louvável iniciativa da OAB/MS”, disse o Comandante da Ala 5, Brigadeiro do Ar Augusto Cesar Abreu dos Santos.

De acordo com o Secretário-Geral da Comissão de Segurança Pública Marco Antônio Barbosa, essa aproximação é importante para o fortalecimento das instituições. “Dentro do processo de democratização que a OAB representa para o Estado brasileiro, que essas forças possam estar corroborando com toda estrutura da defesa e segurança pública”.

Marco ressaltou que foi feito o convite para o Fórum de Segurança Pública, que será em maio, e Simpósio de Direito Militar, que será realizado nos dias 27 e 28 de março de 2019, “implementando uma agenda na área de segurança pública e da defesa, principalmente, pelo fato de estarmos em uma região de fronteira”.

Paulo Alberto Doreto que será Presidente da Comissão de Direito Militar em janeiro participou da reunião e comentou sobre a pauta. “Nosso objetivo é tratar especificamente da operacionalização para o advogado porque como é uma justiça muito específica, tanto no administrativo, como no judicial, às vezes os advogados nem sabem onde buscar o conhecimento para trabalhar nessa área. Fazendo esse estreitamento, a gente consegue trazer as Forças Armadas e Militares para dentro da OAB para ministrar cursos e tirar dúvidas, assim como nós irmos lá fazer essa interlocução. Ou seja, é operacionalizar o trabalho do advogado e logicamente com estreitamento fortalecer as duas instituições para a sociedade”.

“Ninguém faz nada sozinho. A OAB sempre foi parceira de todas as instituições. Hoje trazemos nossa querida Força Aérea Brasileira. Isso demonstra a galhardia da união das instituições. Por isso, aproveitamos a presença deles e já fizemos o convite para que estejam presentes em nossos eventos ano que vem e vice-versa. Nada como essa parceria para trazer a sociedade os procedimentos e trabalhos da OAB e da Base Aérea”, concluiu Aluizio Frazão.  

OUTRAS NOTÍCIAS
MÍDIAS SOCIAIS