Notícias

Nunca é tarde para começar: Aos 72 anos, Wanderley recebe Carteira da OAB/MS

Data:

“Um filho advogado”. Esse era o sonho do pai de Wanderley Corrêa dos Santos. Aos 72 anos, nesta quinta-feira (15), ele recebeu a tão sonhada carteira da Ordem dos Advogados do Brasil.

“O Direito é um desafio para mim, não apenas profissional, mas sentimental. A  Advocacia era um sonho antigo de meu pai, homem do campo, que queria ter um filho advogado. Ele teve cinco filhos e fez de tudo, na roça, para que nós pudéssemos estudar. Naquela época, me disseram que a engenharia elétrica dava futuro. Eu me formei e trabalho até então. Agora tenho minha segunda profissão, engenheiro e advogado. Infelizmente, meu pai não está mais vivo para ver”, contou.

Wanderley se formou em Direito em 2017, aos 70 anos. Engenheiro elétrico formado em 1970, agora recebe a carteira da OAB/MS. A idade ele revela com orgulho: “72 anos”. Sua inscrição. “24…”

O filho de Wanderley, ele conta com orgulho a coincidência: “Meu filho, de 46 anos, é engenheiro e advogado também”, diz rindo.

Pode parecer contraditório, um jovem advogado de 72 anos, mas para Wanderley, é um orgulho as décadas de experiência. “Eu trabalho há muitos anos na engenharia. Trabalhei no Governo, com Wilson Barbosa Martins, o primeiro Presidente da OAB/MS. Trabalhei em vários lugares e agora realizo o sonho de meu pai”.

Que área atuar? “Eu comecei a trabalhar com um amigo, da idade do meu filho na verdade, mas pretendo continuar na área. O Direito é amplo. Não quero me desligar dos números, pretendo seguir no Direito Tributário.