Notícias

Contribuindo com o ensino jurídico, Alicio de Souza Moraes doa para a OAB/MS biblioteca com mais de 1,2 mil obras

Data:

Contribuindo com o ensino jurídico, tendo em vista que a leitura é o alicerce para exercício da profissão e prestação de serviço com qualidade, o decano Alicio de Souza Moraes doou para a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), toda uma biblioteca composta por mais de 1,2 mil obras.

Segundo ele, depois de 43 anos dedicados à advocacia na área Civil, o plano em breve é se aposentar. Por isso, achou nada mais justo que compartilhar com outros profissionais livros que muito contribuíram para o seu conhecimento ao longo da carreira. “A escolha da OAB/MS para doação da biblioteca é um projeto antigo. A ideia aflorou pela necessidade de o advogado ter acesso a livros para estudo e pesquisa. É a ferramenta necessária para que o operador do Direito realize um trabalho de qualidade”, destaca.

A biblioteca compõe-se de mais de 1.200 obras, dentre elas: Tratado de Direito Privado, de Pontes de Miranda (obra completa); Código Civil interpretado por J.M. Carvalhos Santos, duas obras clássicas do direito; Enciclopédia Saraiva de Direito dos mais variados assuntos; Direito Civil Brasileiro, de Conselheiro Joaquim Ribas, Clóvis Beviláqua, Eduardo Espíndola Filho; Comentários ao Código de Processo Civil, de Pontes de Miranda; Curso de Direito Civil de João Franzen de Lima; Tratado de Direito Administrativo de José Cretella Júnior, além de inúmeras obras de temas específicos envolvendo o Direito Civil.

“A doação certamente vai beneficiar os novos advogados, pois eles terão acesso a obras clássicas para o exercício da advocacia”, frisa Alicio.

O Presidente da Ordem Mansour Elias Karmouche agradece a doação feita pelo Advogado Alicio de Moraes. “É uma biblioteca completa, densa e muito bem conservada. Servirá por muito tempo às novas gerações da advocacia, para além do enriquecimento cultural na efetiva prática profissional. Ficamos muito agradecidos com esse nobre gesto”, reconhece.

As obras serão disponibilizadas no Escritório Compartilhado na sede da OAB/MS, sala da OAB no Fórum e Espaço Coworking.

 

Texto: Laura Holsback / Foto: Arquivo pessoal