Notícias

‘Eleições Democráticas e Limpas’: comissão se reúne com MPF para tratar sobre canal de denúncias

Data:

A Comissão Especial de Acompanhamento Eleitoral, por meio do Presidente Rogério Machado, se reuniu virtualmente com o Ministério Público Federal (MPF) nesta segunda-feira (19), para tratar sobre o canal de denúncias, organizado no âmbito da campanha ‘Eleições Democráticas e Limpas’.

A ação, que tem como proposta conscientizar sobre a importância do voto e de combater a Fake News, foi lançada pela Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), na semana passada.

O encontro entre as instituições teve a presença também da Advogada Claudia Paniago, que faz parte da organização da campanha, e do Chefe Eleitoral do MPF Pedro Gabriel Siqueira Gonçalves. O objetivo foi debater como os eleitores poderão fazer as denúncias de suspeita de irregularidades.

“Denúncias relacionadas a Propaganda Eleitoral deverão ser feitas pelo aplicativo do TSE ‘Pardal’. Demais irregularidades, como a compra de votos, deverão ser feitas ao Ministério Público Estadual e estudamos um canal para disponibilizar esses meios em nosso site da OAB/MS”, diz o Presidente da Comissão e responsável pela organização da campanha, Rogério Machado.

Para o Chefe Eleitoral do MPF Pedro Gabriel, a campanha de combate à corrupção eleitoral contribui para a conscientização dos eleitores quanto à importância do voto e consequências para o futuro da cidade. “A origem dos principais problemas enfrentados pela Administração Pública (fraude em licitação, desvio de recursos, má qualidade de serviços como saúde, educação e segurança) reside na corrupção do processo eleitoral. Quem vende o seu voto alimenta esse ciclo vicioso. A OAB/MS tem se posicionado como importante parceira da PRE/MS (MPF) na luta contra os vícios do processo democrático. A campanha de conscientização aos eleitores, nesse sentido, alinha-se com o mister institucional de ambas parceiras enquanto funções essenciais à Justiça”, frisa.

Texto: Laura Holsback