Notícias

Diretor-Tesoureiro Marco Rocha participa de reunião para tratar da liberação do uso de máscaras em Campo Grande

Data:

O Diretor-Tesoureiro da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), Marco Rocha participou, na tarde desta quinta-feira (4), de reunião na Prefeitura de Campo Grande com entidades e organizações para tratar da liberação do uso de máscaras.. 

Após coletiva ontem (3) com o Presidente do Comitê Gestor do Programa de Saúde e Segurança na Economia (Prosseguir), o Secretário de Infraestrutura Eduardo Riedel, na qual reafirmou o fim da obrigação do uso de máscaras em locais abertos, foi agendada hoje reunião com entidades na Prefeitura.

Na reunião de hoje, o Secretário Municipal de Saúde José Mauro Pinto de Castro Filho apresentou em dados o cenário dos casos de Covid na cidade. “Temos um cenário epidemiológico favorável. O pico de internação foi em abril, com 642 internados. Desde setembro há uma queda expressiva e atualmente existem 10 pacientes internados nesta semana em Campo Grande”. 

Segundo dados da cobertura vacinal, 77,2% de pessoas foram vacinadas com 1ª dose, 65,3% com 2ª dose ou dose única, 11,4% receberam com 3ª dose ou dose de reforço de uma população total de 906.092 aptos para dose. 

Foram ouvidos além da OAB/MS, Diretores de Hospitais Públicos e Privados, Associação Comercial, Associação de Bares e Restaurantes, CDL, Câmara de Vereadores, Defensoria e Ministério Público. 

O Diretor-Tesoureiro da OAB/MS Marco Rocha parabenizou a Prefeitura e Secretaria pelos trabalhos no período de pandemia e a reunião para tomada de decisões. “Parabenizo a Prefeitura por trazer aqui representantes da sociedade civil organizada para tomar uma decisão fundamentada e de maneira plural, ouvindo todos, os representantes e a população. Tenho certeza que é uma decisão bem pensada, democrática”. 

Após exposição de todos representantes, o Prefeito Marcos Trad decidiu enviar uma minuta para todas instituições presentes e então liberar o uso da máscara apenas em locais abertos, sem aglomeração, mantendo a obrigatoriedade em locais fechados. “Campo Grande vai manter o uso da máscara com exceção de locais abertos, mantendo a utilização obrigatória onde não se consiga manter o distanciamento. As próximas etapas e medidas de liberação vão surgir assim que aumentar a cobertura vacinal”, concluiu Trad destacando que os representantes das entidades sempre serão ouvidos na tomada de decisões.

 

Texto: Catarine Sturza / Fotos: Gerson Walber