Notícias

OAB e CNBB definem papel de parceiros de campanha em Goiás

Data:
Goiânia (GO), 29/06/2006 – Dirigentes da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Goiás e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) estiveram reunidos na noite dessa quarta-feira (29) para definir qual será o papel de cada instituição na edição deste ano da Campanha contra a Corrupção Eleitoral. A reunião aconteceu no auditório da Escola Superior de Advocacia (ESA) da Seccional goiana da OAB. No Estado, a campanha, que foi lançada no dia 8 de junho, é coordenada pelo conselheiro da OAB-GO, Murillo Macêdo Lobo.

A OAB-GO e a CNBB, com o apoio de 18 entidades, vão receber denúncias de irregularidades e de compra de votos nas próximas eleições. A campanha eleitoral começa no dia 6 de julho. A partir daí, o cidadão poderá denunciar qualquer tipo de desrespeito à legislação eleitoral acionando as entidades parceiras em Goiás ou telefonando para o número 0800-6468866.

A Seccional da OAB também criou um e-mail (oabdenuncia@oabgo.org.br) para receber as denúncias. Em todo o Brasil, a expectativa é envolver cerca de dez mil paróquias da Igreja Católica e, aproximadamente, mil Subsecções da OAB. Em Goiás as entidades parceiras são:

– Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)
– Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
– Organização Jaime Câmara (OJC)
– Universidade Católica de Goiás (UCG)
– Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe)
– Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB)
– Central Única dos Trabalhadores (CUT)
– Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP)
– Associação Brasileira de ONGs (Abong)
– Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR)
– Conferência Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE)
– Conselho Federal do Serviço Social (CFSS)
– Associação de Juízes para a Democracia (AJD)
– Associação Brasileira de Magistrados Procuradores e Promotores Eleitorais (ABMPE)
– Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic)
– Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase)
– Unafisco Sindical
– Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj)
– Rits (Rede de Informação para o Terceiro Setor)
– Cáritas Brasileiras
– Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp)
– Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag)