Notícias

TJMS avança para concluir a digitalização do acervo físico

Data:

Os processos físicos do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) estão no caminho para se tornarem 100% digitais. A conversão de todo acervo para o meio digital é uma das metas da atual Administração e reivindicação da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS). 

O Presidente do TJMS, Des. Carlos Eduardo Contar, determinou na semana passada o prazo de 60 dias para conclusão da digitalização do acervo dos processos em andamento, para tanto designando outros seis servidores, que se juntaram ao núcleo anteriormente constituído, sob coordenação da Direção do Foro de Campo Grande.

A medida atende solicitação do Presidente da OAB/MS Mansour Elias Karmouche e anseios da classe pela conclusão de digitalização dos processos físicos para implementação definitiva do processo digital. 

Até esta quarta-feira (21), 99,25% dos processos já estavam digitalizados, faltando apenas 0,75% do acervo para a inclusão no meio digital. São 6.168 processos físicos em andamento. 

De acordo com o Juiz Auxiliar da Presidência Fábio Possik Salamene, o compromisso da conversão para o meio eletrônico é ter um Tribunal 100% digital. “O esforço conjunto da Direção e dos servidores para a inclusão dos processos físicos em meio digital, a digitalização do acervo, traz vantagens a todos, principalmente à advocacia que terá acesso e poderá se manifestar independente de qualquer circunstância, como aconteceu na pandemia, em que os processos físicos ficaram suspensos”.

Texto: Catarine Sturza / Foto: Gerson Walber